Antena 1 – Entrevista a Alexandre Abreu

No dia em que o Banco Mundial divulgou um relatório que apresenta perspetivas de forte crescimento na África subsariana, o investigador do Instituto Superior de Economia e Gestão (ISEG) e especialista em assuntos africanos Alexandre Abreu afirma que se tem verificado desde o início deste século uma inversão da tendência que apontava para um continente perdido.

Entre 2000 e 2010, seis dos dez países com crescimento mais elevado foram países da África subsariana, liderados por Angola. Este foi mesmo o país do mundo que registou a mais elevada taxa de crescimento média anual durante esses dez anos, à frente da China.

Nesta entrevista conduzida pelo jornalista Nuno Rodrigues, Alexandre Abreu aponta como causas para este ritmo de crescimento da África subsariana o facto de se partir de uma base muito reduzida, o que faz com que o afluxo de investimento tenha um peso muito elevado no PIB destes países. O economista aponta ainda outras causas, como o aumento do preço das matérias-primas – petróleo, carvão, gás natural e produtos alimentares –, o aumento das remessas dos emigrantes, a exploração do turismo, e a aposta em novos parceiros de construção de infraestruturas, nomeadamente China, Brasil e Índia.

Foto: Alice Vilaça/Antena1

2013-01-16

via Antena 1 – Entrevista a Alexandre Abreu.

via Antena 1 – Entrevista a Alexandre Abreu.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s